VT Science - шаблон joomla Mp3

Edital para Seleção de Monitores - PcD - Pessoa com Deficiência


O MEPES – Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo, entidade civil, de caráter social, sem fins lucrativos, com duração indeterminada, composto de associados que partilhem dos mesmos ideais filosóficos e sociais do MEPES, com a finalidade a promoção integral da pessoa humana, interagindo na saúde, educação e ação comunitária, sem fins econômicos, numa ampla atividade voltada principalmente ao meio rural, integrando campo e cidade, naquilo que concerne à elevação humano-social, especialmente do agricultor, nas dimensões da vida: espiritual, intelectual, sanitária, técnica, econômica e ambiental, por intermédio de seu Superintendente Geral, torna público o Processo Seletivo para Contratação e/ou Cadastro de Reserva de Monitores (as) Pessoa com Deficiência - PcD para atuarem nas Escolas Família Agrícola da rede MEPES.

 

Confira abaixo o Edital:

pdf

Evento tem proposta de fomentar o segmento do turismo religioso em Anchieta e região com ações no Santuário Nacional de São José de Anchieta.

 

Anchieta sedia ainda hoje (06) o Workshop de Turismo Religioso, com objetivo de fomentar o segmento no Estado e potencializar o turismo no Santuário Nacional de São José de Anchieta. A ideia do evento foi criada por um grupo, com representantes de diversas cidades da região e entidades parceiras.

Durante todo o dia de ontem (05) houve palestras e grupos de trabalhos no auditório do Colégio Maria Mattos, além de visita ao roteiro turístico cultural e religioso da cidade. Já hoje, a programação contará com apresentação de projetos, eventos e ações de turismo religioso na região, além de palestras, explanação de cases e elaboração de futuras ações.

No Brasil, depois do Santuário de Aparecida, em São Paulo, só existe outro de nível nacional, o de São José de Anchieta, construído no século XVI pelo santo.

Participam do workshop representantes da Secretaria Municipal de Turismo de Anchieta e cidades vizinhas, Gerência de Cultura de Anchieta, vice-governadoria do Estado, servidores e padres do santuário, Agência de Desenvolvimento Turístico da Região da Costa e da Imigração (Adeturci), Escola Família de Turismo (Eftur), Abapa , Mepes e Sebrae.

 

Fonte: O Jornal
Link: http://www.ojornalonline.com.br/site/conteudo.asp?codigo=723

 

intercambio

 

Como 7 jovens estudantes capixabas deixaram suas casas para viverem uma experiência nova e completamente desconhecida


 

No dia 13 de outubro de 1966, sete capixabas com idade ente 18 e 22 anos foram recrutados pelos padres das paróquias de Anchieta, Alfredo Chaves, Iconha e Rio Novo do Sul e partiram em uma viagem de duas semanas a bordo do navio transatlântico “Giulio Cesare” para região de Veneto na Itália, onde frequentaram cursos em algumas Escolas Famílias Rurais.

 

 

Assim que chegaram foram submetidos a uma série de exames clínicos e um dos estudantes, Osmar Longue, foi diagnosticado com um sério problema cardíaco, sendo alertado pelo médico que corria risco de morte. Em 7 de abril de 1967 este veio a falecer enquanto arrumava a mesa para o almoço, gerando enorme tristeza e desânimo nos outros estudantes, a ponto de pensarem em desistir de tudo e regressarem ao Brasil.

 

Superado este grave ocorrido, a vida do grupo seguiu e se solidificou. O corpo foi trazido as terras capixabas, em agosto daquele ano, pelo Coordenador do curso, Professor Mario Zuliani, transportado em um navio cargueiro.

 

Durante o curso, foram realizadas diversas e diferentes visitas e viagens de estudo, seja como complemento dos estudos ou como ampliação de saberes. Estes tipos de atividades faziam parte do plano de formação dos estudantes. Concluíndo o ciclo formativo, todos os jovens participaram de uma viagem de estudo até a Holanda onde permaneceram alguns dias, numa das Escolas Superior Populares-Rurais, na região de Groningen Nordeste, debatendo questões sobre desafios da agricultura e da educação agrícola na Holanda e Europa.

 

O grupo de capixabas retornou ao Estado do Espírito Santo em setembro de 1968. Assim nasceu o MEPES, da troca entre pessoas, de extração social e cultural em ambientes diferentes.

 

* Os 7 estudantes: 

Inácio Pomermayer, Ednys Orlandi, Dirceu Marchiori, Célio de Oliveira Martins, Osmar Longue, João Bortoloti e Luiz Mills. 

 

- Créditos:
Fotos / Acervo Interno do MEPES
Texto / Baseado em trechos do Livro "MEPES o Início da Longa Caminhada" de Sérgio Zarmberlan

001 2020

Processo Seletivo para Contratação e/ou Cadastro de Reserva de Monitores


O MEPES – Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo, entidade civil, torna público o Processo Seletivo para Contratação e/ou Cadastro de Reserva de Monitores (as) para atuarem nas Escolas Família Agrícola da rede MEPES.

 

Constitui objeto deste edital, a contratação em regime integral de Professor de Educação Básica - Nível II para desenvolver as suas atividades na Rede MEPES – Movimento de Educação Promocional do Espírito Santo nos municípios de Mimoso do Sul, Cachoeiro de Itapemirim e Rio Bananal.

 

Confira o Edital na Integra:

* Arquivo atualizado em 10/01/2020. Este é o EDITAL que está valendo para este Processo Seletivo.

pdf

 

 

 

Processo Seletivo 001-2019


Os (a)s candidatos (a)s aptos (as) e selecionados (as) neste processo seletivo simplificado deverão entrar em contato com o Núcleo Administrativo – MEPES para verificação da documentação necessária a possível efetivação da contratação conforme previsto no Edital 001/2019.

pdf