creche

As creches foram criadas para atender as mães que necessitavam trabalhar e não tinham com quem deixar seus filhos menores de 6 anos


Após suas primeiras atividades educativas terem início o MEPES avançou na construção de creches para atender as famílias mais carentes da cidade de Anchieta, tendo como motivação a falta de assistência as crianças menores de 6 anos das famílias carentes pelo poder público local naquela época.

 

As mães necessitavam de trabalhar e não tinham com quem deixar suas crianças, pensando em uma solução para aquela realidade, o MEPES iniciou seus trabalhos nesta área, atendendo crianças de 6 meses até 5 anos de idade.

Nesta época existia um programa federal de atendimento as crianças, dirigido pela LBA, porém estas atividades aconteciam principalmente na capital, o MEPES trouxe este projeto para Anchieta colocando-o em prática, primeiramente com pessoas voluntárias, depois o Estado colocou professores a disposição desta ação.

 

A primeira creche foi inaugurada no Bairro Alvorada, funcionava no salão paroquial e contava com o apoio da Prefeitura Municipal, que ajudava na alimentação, reestruturação do prédio e equipamentos.

 

A creche desenvolvia atividades diferenciais, como a visita periódica às famílias, também cuidava de aspectos ligados à higiene e saúde das crianças, medicando feridas, retirando piolhos, carrapatos, pulgas e outros parasitas, além de tratar casos de verminoses através de um médico que fazia parte do Movimento.

 

- texto baseado em trecho do livro “O início da Longa Caminhada” de Sérgio Zamberlan.